21 de dezembro de 2008

MEU PAU-BRASIL

MEU PAU-BRASIL
Cortaram-no! mas alto e firme persistiu,
Os anos se passaram, quase foi extinto
Nas matas se escondeu, camuflado viu
Outros sempre tombarem no labirinto.


Numa bandeira suas cores pintou,

Um país seu nome clamado, atendeu.

Cortado e queimado quase minguou,

triste esta história que nada rendeu


Hoje por minha sorte tem no meu quintal,

Junto à janela por onde visto o mundo...

A flor do PAU-BRASIL, vêja você o visual!



Não quero jamais perdê-la, é profundo...

ver neste concreto armado atual;

o colorido pau-brasil, moribundo.

VALTER GOMES


2 comentários:

BANDEIRAS disse...

Olá tbm !

Legal td por aqui, gostei...

Abraços

Anônimo disse...

Pô que foto massa.
O texto tb ficou bom.
Quem fotografou?
Abraços